Rosário de São Miguel

"Vivemos em um tempo de profundo liberalismo religioso. Poucos são os cristãos que têm idéia de que pertencem a uma Igreja militante, tão militante na Terra quanto foram no Céu São Miguel e os Anjos fiéis.
Também nós devemos saber esmagar a insolência da impiedade. Também nós devemos opor uma resistência tenaz ao adversário, atacá-lo e reduzí-lo à impotência. São Miguel, nesta luta, não deve ser apenas nosso modelo, mas nosso auxílio. A luta entre São Miguel e Lúcifer não cessou, mas se estende ao longo dos séculos. Ele auxilia todos os cristãos nos combates que empreendem contra o poder das trevas."

(Fonte: Plínio Corrêa de Oliveira, "Catolicismo", setembro de 1951.)

De acordo com a tradição da Igreja Católica, a origem da devoção ao Rosário de São Miguel está relacionada com uma aparição e revelação privada do próprio Arcanjo a uma religiosa carmelita portuguesa, Antónia d'Astónaco, no ano de 1750, sendo posteriormente reconhecida e aprovada pelo Papa Pio IX, a 8 de Agosto de 1851, quem a enriqueceu de indulgências.

Assista o vídeo com a reza completa do Rosário de São Miguel.

Leia mais, na coluna central deste site: